terça-feira, fevereiro 21, 2012

Uma Geração de Patos

Somos uma geração de patos. Infelizmente esta é a nossa realidade. Nós, que estamos entre os 20 e 30 anos, fazemos tudo e fazemos nada ao mesmo tempo. Somos blogueiros, designers, programadores, músicos, DJs, produtores, promoters, empresários, pais, casados, e palestrantes. Tudo isso ao mesmo tempo.

Nossos pais eram no máximo duas ou três coisas destas, tinham tempo para se aprofundar no conhecimento de causa. 

Somos uma geração de iPods, de downloads de YouTube, de blogs de música, de mashups, de fazer músicas que são sucesso em uma semana, de clipes que ganham 3.000.000 (três MILHÕES) de acessos em 3 dias, de aplicações que simulam instrumentos tão bem quanto os verdadeiros.

Nossos pais ralavam bastante para conseguir comprar aquele CDs – no meu caso LPs – que ralavam para juntar uma grana para comprar aquele sintetizador de U$ 25.000, correndo o risco de não chegar dos Estados Unidos.

Somos uma geração onde tudo acontece numa velocidade muito intensa e não conseguimos absorver tudo. A cada 15 anos, constatou o jornalista Ivan Lessa, o Brasil esquece o que aconteceu nos 15 anos anteriores. Mas este pensamento era no século passado, será que hoje você lembra dos seus últimos 15 dias? Será que agora você lembra os seus últimos 15 tweets?

Por que somos uma geração de patos? O pato é um dos poucos animais da natureza que sabem andar, nadar e voar, mas não fazem nenhuma dessas coisas direito.

Texto originalmente criado e postado para o site Love S.A.

Nenhum comentário: